Advogado suspeito de lesar clientes volta a ser preso em Canela 

Um advogado que responde a 25 inquéritos por lesar clientes em Canela voltou a ser preso preventivamente na quinta-feira pela Polícia Civil. Ele é suspeito de ter acumulado até R$ 500 mil em fraudes e já havia sido preso em junho de 2016. As informações são da Gaúcha Serra.

Conforme a polícia, o advogado estava em liberdade e, mesmo com o direito de advogar suspenso, continuava a exercer a profissão. Ele é, agora, suspeito de falsificar documentos do seu próprio advogado.

Leia mais
Homem morto com tiro no pescoço em Caxias estava em liberdade provisória
Em dois casos, vigilantes são rendidos e têm armas levadas por bandidos
Polícia segue buscas a acusado de atear fogo na namorada, em Vacaria

Segundo o delegado Vladimir Haag Medeiros, as vítimas do advogado preso eram geralmente clientes idosas e fragilizadas emocionalmente. As fraudes consistiam na cobrança de custas judiciais que não existiam. Segundo a polícia, o advogado falsificava guias judiciais e de pagamentos de tributos. 

A polícia atribui ao suspeito os crimes de estelionato, falsificação de documentos públicos e particulares, apropriação indébita, supressão de documento, falsidade ideológica, patrocínio infiel e uso de documento falso.

Let’s block ads! (Why?)

Últimas Notícias – Polícia – Pioneiro

Related posts