Moro aceita pedido da Bumlai para dispensar depoimento de Lula

O juiz Sergio Moro aceitou o pedido da defesa do empresário José Carlos Bumlai para dispensar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de prestar depoimento como testemunha de defesa. Moro, porém, declarou que não aceitará a declaração por escrito que o petista iria enviar. O juiz afirma que as declarações a favor de investigados devem ser feitas por meio do contraditório, conforme o Código de Processo Penal, para ter validade.

“Observo que a praxe é aceitar apenas declarações por escrito quando de caráter meramente abonatório. Declarações que digam respeito aos fatos em apuração devem ser prestadas em juízo, sob contraditório, para terem valor probatório, como exigência do artigo 155 do CPP (Código de Processo Penal)”, justificou Moro.

O depoimento de Lula estava marcado para a próxima segunda-feira (14/3), às 9h, por meio de videoconferência, na Justiça de São Paulo. 

Em troca do depoimento presencial, Lula mandou esclarecimentos por escrito ao juiz. O ex-presidente disse que é amigo de Bumlai desde 2002 e que nunca tratou de assuntos políticos com o pecuarista. O ex-presidente também informou que nunca teve conhecimento de que o empresário tenha usado a amizade com ele para obter vantagens em qualquer tipo de negócio. Com informações da Agência Brasil. 

Powered By WizardRSS.com | Full Text RSS Feed

Consultor Jurídico

Related posts