19/02/2016 15:10 – Réus do caso Aranha cumprirão sanções por mais um ano

Rus do caso Aranha cumpriro sanes por mais um ano

Os rus do caso de injria racial contra o goleiro Aranha j podem retornar aos estdios de futebol, depois de quase um ano de proibio. Desde o incio de 2015, precisaram comparecer a delegacias de polcia nos horrios de jogos do Grmio.

Em despacho desta sexta-feira, 19/2, o Juiz Marco Aurlio Martins Xavier, do Juizado do Torcedor e Grandes Eventos de Porto Alegre, deu por encerrada a primeira fase do cumprimento da Suspenso Condicional do Processo de dois anos (SCP) a que esto submetidos os acusados.

Daqui para a frente, e at 24/11, os torcedores devero cumprir com novas exigncias, como apresentar-se em juzo trimestralmente e no se afastarem da comarca em que residem por longos perodos.

A SCP foi oferecida aos rus pelo Ministrio Pblico e homologada pelo magistrado em novembro de 2014. Trata-se de alternativa que interrompe a ao penal, mas pode ser revogada ou ter penalidades acrescidas a qualquer momento em caso de descumprimento pelos acusados.

O caso

Em 28/8/14, quando jogavam pela Copa do Brasil Grmio e Santos, torcedores do time gacho apareceram em transmisso de TV xingando o goleiro santista de macaco e gesticulando como a imitar o animal.

Seguida da enorme repercusso do caso redundando, inclusive, na eliminao do Grmio pelo Superior Tribunal de Justia Desportiva e a fim de proteger os envolvidos, o processo passou a correr em segredo de Justia.

EXPEDIENTE
Texto: Mrcio Daudt
Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend
imprensa@tj.rs.gov.br 

Powered By WizardRSS.com | Full Text RSS Feed

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul

Related posts