04/12/2015 19:12 – Albergue do Presídio Estadual de Lajeado é entregue à comunidade

Albergue do Presídio Estadual de Lajeado
é entregue à comunidade

O novo albergue do Presídio Estadual de Lajeado foi entregue na tarde de hoje (4/12) à comunidade local. A obra, que teve duração de 8 meses, é resultado da união de esforços entre Poder Judiciário, Município e representantes da sociedade civil organizada. Com a construção, serão abertas 150 vagas para detentos do regime semiaberto. Os chefes dos Três Poderes e autoridades prestigiaram o evento. “Este ato teve origem na coletividade. O Rio Grande do Sul é muito maior do que todos nós e o maior valor que temos nessa terra é a nossa gente”, afirmou o Presidente do Tribunal de Justiça gaúcho, Desembargador José Aquino Flôres de Camargo.

A obra foi custeada com recursos das Comarcas de Lajeado, Estrela e Teutônia, oriundos das penas alternativas, do Município, da Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (ALSEPRO) e Conselho da Comunidade, entidades que efetivamente executaram a obra, de empresários e de pessoas físicas.  “Esse momento tem um significado ímpar e singular. Poderá sair daqui uma boa prática a ser trilhada”, afirmou o Juiz Diretor do Foro de Lajeado, Luís Antônio de Abreu Johnson. Segundo o magistrado, a casa prisional recebe detentos oriundos de 17 municípios da região do Vale do Taquari. No regime fechado, abriga 400 presos, sendo que a capacidade do presídio é de 132 vagas.


Comunidade unida: obra inaugurada foi custeada com recursos
das Comarcas de Lajeado, Estrela e Teutônia,
do Município, da Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (ALSEPRO)
e Conselho da Comunidade
(Fotos: Mário Salgado)

Ainda seguem em andamento as obras na ala feminina que devem ficar prontas em março de 2016. Assim, a casa prisional passará a contar com uma nova área construída de aproximadamente 1.200 m². Até o início do ano que vem, o complexo abrigará mais 300 detentos, entre homens e mulheres, dispondo de estrutura como berçário, gabinetes odontológicos e médico, espaços para oficinas de trabalho, sala para as audiências de custódia e procedimentos administrativos da Vara de Execuções Criminais (VEC).


Chefes do Executivo, Judiciário e Legislativo
prestigiaram a inauguração

Para o Presidente do TJRS, a ampliação do local representa uma possibilidade de ressocialização dos apenados. O Desembargador Aquino ressaltou também que o papel dos membros do Judiciário vai além dos gabinetes e da jurisdição, sendo fundamental a aproximação com a sociedade.


Com a construção, serão abertas 150 vagas
para detentos do regime semiaberto

Último a discursar, o Governador José Ivo Sartori considerou que a construção é importante por representar uma diminuição no déficit de vagas no sistema prisional, oferecendo um local mais adequado e digno aos apenados. “Ninguém pode entrar aqui e sair pior”, frisou. Sartori destacou a contribuição dada pelo Poder Judiciário, citando também a formalização de convênio entre os dois Poderes que, por meio do uso de recursos de verbas pecuniárias, possibilitará a reforma do Instituto de Psiquiatria Forense (IPF), na Capital. A parceria será formalizada no dia 10/12.


Juiz Johnson (D) apresentou para as autoridades as obras na ala feminina,
que devem ficar prontas em março de 2016

Participaram do evento o Presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Edson Brum; o Secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini; o Subprocurador-Geral de Justiça, Fabiano Dallazen; o Presidente do Conselho da Comunidade de Assistência ao Apenado de Lajeado, Miguel Feldens; o Prefeito de Lajeado, Luís Fernando Schmidt; o Diretor de Obras da AlSEPRO, Léo Katz, além de autoridades e lideranças regionais.

EXPEDIENTE
Texto: Janine Souza
Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend
imprensa@tj.rs.gov.br 

Publicação em 04/12/2015 19:12
Esta notícia foi acessada 149 vezes.


Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul

Related posts